Detetive são paulo colabora em investigações de trabalho escravo

detetive são pauloPor incrível que ainda possa parecer ainda existe trabalho escravo no nosso país. Trabalho escravo não é só aquele em que a pessoa trabalha sem receber nada por isso. Trabalho escravo é qualquer tipo de trabalho onde a pessoa receba um valor inferior ao aceitável ou que o trabalho ocorra sem o mínimo de condições de higiene, sem folga entre outras coisas.

No nosso país ocorre trabalho escravo tanto na zona rural quanto na zona urbana. Na zona rural o trabalho escravo é marcado pelo trabalho degradante e a privação da liberdade. Na zona urbana ele é marcado pelos baixíssimos salários e pelas muitas horas de trabalho.

Para muito isso pode parecer conversa, porém muitas das roupas usadas pela grande parte da população são confeccionadas por trabalhadores em condições de trabalho escravo.

A luta pelo fim disso no nosso país é constante e hoje em dia em grandes centros como a cidade de São Paulo o detetive são paulo tem colaborado com a investigação particular desses locais de trabalho buscando a erradicação desse tipo de prática.

Por meio de infiltração os detetives são paulo coletam informações importantes que possibilitam que flagrantes sejam realizados e os criminosos, pois trabalho escravo é crime, sejam punidos.

Segundo os detetives são Paulo a maior parte dos trabalhadores nessa condição nos grandes centros são imigrantes ilegais que aceitam essas condições visando à permanência no país. Os contratantes sabendo dessa ilegalidade acabam por forçar e abusar mais ainda dos trabalhadores. Um detetive particular são Paulo que tem investigado bastante sobre o trabalho escravo diz que existem empresas onde o local de trabalho é insalubre. Muitos dos trabalhadores fazem as refeições, necessidades, horário de sono tudo no mesmo galpão. Passam dia e noite no local de trabalho por não terem para onde ir.

Os detetives são paulo fazem um alerta dizendo que é importante a sociedade se mobilizar quanto ao trabalho escravo, pois caso contrário ele nunca acabará.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *