Investigador particular é a “luz no fim do túnel” para muitas famílias

investigador particularTente se colocar na posição de uma família que sofre com a notícia de um desaparecimento. Tudo corria muito bem e do nada a situação muda e todos vivem momentos de angústia inexplicáveis.

Tudo é muito confuso e muitas são as ideias que surgem na cabeça dessa família. A polícia é sempre a primeira opção, mas na maioria das vezes a burocracia é muito grande e o desespero da família só aumenta.

Certamente em algum momento alguém vai pensar num investigador particular e a experiência mostra que essa tem sido a melhor opção para casos como esse.

O investigador particular acaba sendo a esperança nesse momento de total desespero.

De acordo com os investigadores particulares muitas são as causas dos desaparecimentos e isso é um dos principais empecilhos para que a investigação ache o rumo certo. Normalmente crianças são sequestradas por pessoas que visam o tráfico ou mesmo o cárcere. Adolescentes fogem com os amigos, com os namorados e acabam se metendo em encrencas inimagináveis. Adultos são vitimas de sequestro que visam dinheiro.

Os sequestros são logo descobertos e por mais trágico que pareçam possuem uma solução mais fácil. Nos outros casos segundo os investigadores particulares o problema vai se tornando maior conforme o tempo passa.

Quanto mais tempo se passa maiores são as dificuldades. Se ninguém entra em contato é porque não se tem a intenção de devolver a pessoa. A partir dai tudo fica muito complicado, pois na maioria das vezes não se sabe nem por onde começar. Um investigador particular que atua nessa área há anos diz que apesar de todas as dificuldades os investigadores são os mais qualificados para atuarem nesses casos.

Ele diz que como o conhecimento do meio em que atuam eles tem maiores chances de ajudar essas famílias. A esperança nunca pode ser perdida e os profissionais não desistirão enquanto a família não desistir.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *